Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Escritório do Marquês

Bem-vindos à minha man cave! Sintam-se em casa, mas não ponham os pés em cima da mesa.

O Escritório do Marquês

Bem-vindos à minha man cave! Sintam-se em casa, mas não ponham os pés em cima da mesa.

A vitória esperada

Janeiro 25, 2021

Marquês

Não, não estou a falar da reeleição mais que antecipada do nosso Presidente da República.

 

A maior vitória das Presidenciais foi a vitória do medo e da falta de respeito. Medo do vírus, medo de sair de casa, medo causado pelas capas de jornais e noticiários televisivos. Falta de respeito pelo outro, falta de respeito quando se coloca uma festa privada à frente da saúde de todos, falta de respeito quando se prefere ficar em casa a ir exercer um direito enquanto cidadão. Uma vitória de quem não exerceu o direito ao voto. Uma vitória de quem faz "like" em quem foi votar, mas prefere ficar agarrado ao ecrã. Uma vitória de quem sabe todas as calinadas, porém, não faz ideia dos ideais dos candidatos.

 

Analisando bem estas eleições, o candidato que não fez campanha além dos debates em que participou e da agenda enquanto presidente, alcançou uma vitória esmagadora. Sem campanha, sem a bandeira assumida do partido que o apoia, sem entrar em detalhes ou prometer o que quer que seja. Por outro lado, vemos uma esquerda desfeita, em campanhas de lábios vermelhos e guerras sem fundamento. Carregando consigo o apoio (?) dos movimentos sociais e das minorias ofendidas.

 

Numa altura em que o país atravessa uma grave crise social e económica, numa altura em que estamos a perder uma luta contra um inimigo invisível, numa altura em que já estamos a boicotar o presente e o futuro do país, numa altura em que o mais sensato seria adiar as eleições.

 

Em suma, uma vitória esperada. E a certeza de sermos um país de cidadãos remotos, sem capacidade para agir.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub